05.02.2018
Ministério da Saúde vai ampliar tratamento de câncer no Brasil
Para aumentar o número de pessoas que conseguem realizar o tratamento contra o câncer por meio do Sistema Único de Saúde, o Governo Federal redefiniu os serviços para distribuição de 140 aceleradores lineares pertencentes ao Plano de Expansão da Radioterapia. O Ministério da Saúde acredita que a medida vai garantir a cobertura no Sistema Único de Saúde (SUS) de mais de 70 milhões de brasileiros, e a meta é ter, até 2019, todos os aparelhos funcionando e atendendo 100% das pessoas que necessitam do cuidado, como explica o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

“Estamos atendendo 74% das pessoas dentro do prazo da lei, e só poderemos atender a todos com a implantação desses equipamentos. A radioterapia depende de construção, instalação, nós precisamos cuidar para que a radiação deles não vaze, não afete as pessoas. Então nós temos um esforço muito grande, mas esses 140 novos equipamentos, somados aos que já temos, são suficientes para dar cobertura a todos os 150 milhões de brasileiros que dependem exclusivamente do SUS”.


Do total de aparelhos, 36 serão incluídos ao plano, beneficiando diretamente, mais de 18 milhões de pacientes. Para garantir a inclusão desses novos hospitais, o Ministério da Saúde vai destinar mais de R$ 160 milhões de reais na ampliação e construção de serviço em 14 estados e no Distrito Federal, que são localidades que têm menos assistência nesse setor.



Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Rádio Encruzilhadense/Agência do Rádio