01.11.2017
HEPATITE C: Brasil anuncia plano para eliminar a doença
O governo brasileiro traçou uma meta para eliminar a hepatite C até 2030. Durante a Cúpula Mundial de Hepatites 2017, evento que reúne autoridades de saúde de todo o mundo, o ministro Ricardo Barros anunciou o Plano Nacional para Eliminação da Hepatite C. A estratégia consiste em tratar todos os pacientes diagnosticados com a doença, independente do grau de comprometimento do fígado. Segundo Ricardo Barros, o projeto de eliminação da hepatite C no Brasil é viável e já esta em curso.

“O Brasil é líder nessa questão do combate a hepatite C. Estamos aumentando muito a testagem. Distribuiremos, no ano que vem, o dobro de testes para identificar os portadores de hepatite C. Serão doze milhões de testes. Dos 155 mil pacientes que estão notificados no Brasil com hepatite C, metade já estão tratados ou em tratamento. O Brasil é o país que tem o maior sistema de acesso universalizado e gratuito a saúde no mundo. Portanto, todos os brasileiros que tiverem diagnóstico de hepatite C serão tratado imediatamente após a identificação desse diagnóstico”.

Atualmente, as hepatites virais são responsáveis por mais de um milhão de mortes por ano em todo o planeta. E o Brasil está determinado a ser líder mundial na luta contra a hepatite C. Dentro desse esforço está a ampliação da oferta de tratamento para todos. Isso será possível devido à mudança na modalidade de compra do Ministério da Saúde, que vai condicionar o pagamento do tratamento à indústria farmacêutica à comprovação da cura do paciente. A expectativa é que o valor por tratamento caia de 6 mil para 3 mil dólares. Essa economia vai possibilitar a inclusão de até três vezes mais pessoas do que as atendidas atualmente no SUS.



Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Rádio Encruzilhadense/Agência do Rádio