21.03.2017
Mais de 350 mil meninos de 12 e 13 anos vão receber vacina contra HPV
A vacinação contra o HPV tem uma novidade em 2017. Além das meninas de 9 a 14 anos, os meninos de 12 e 13 anos também passam a fazer parte da campanha de imunização. Com isso, o Brasil se torna o primeiro país na América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a dose também ao sexo masculino. No Rio Grande do Sul, a estimativa é que mais de 354 mil meninos tomem a vacina. A chefe de divisão de Vigilância Epidemiológica do Estado, Tani Raniere, explica a importância da prevenção.

“ A vacina contra o HPV, a quadrivalência do HPV, que protege contra dois tipos , duas xepas, que são considerados de riscos cancerígenos e outras duas que são com maior prevalência entre as doenças sexualmente transmissíveis. É uma vacina extremamente segura, recomendada pela Organização Mundial da Saúde. Então, a gente faz esse apelo aos pais que vacinem os seus filhos, que levem seus filhos às unidades básicas de saúde para receber a vacina para que a gente possa proteger e dar maior qualidade de saúde, inclusive, aos seus filhos no futuro”.

A infecção pelo HPV pode provocar doenças graves, como lesões na vagina, pênis, ânus e o câncer . Então, a melhor dica é: Procure uma unidade de saúde e vacine-se! Não esqueça de levar a caderneta de vacinação. Vacinação. É nessa fase que você fica mais forte.

Para mais informações, acesse: saude.gov.br



Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Rádio Encruzilhadense/Linha Direta Comunicação