09.05.2016
Hospital Santa Bárbara pode fechar no final do mês
Na manhã desta sexta-feira a prefeita Laíse Gorziza de Souza, ao ser entrevistada pelo jornalista Vanderlei Silva, no programa Comunicação, da Rádio Encruzilhadense, disse estar muito triste com uma informação recebida do administrador do Hospital Santa Bárbara, Celso Teixeira. Ele revelou que se a situação financeira do HSB não mudar, o Hospital fechará as portas no dia 30 de maio.

A crise financeira do Hospital, considerada a maior de sua história, é provocada pela falta de pagamentos do governo do Estado, por serviços já prestados. Há bastante tempo o Hospital vem alertando a sociedade em geral sobre a situação e, ao mesmo tempo, buscando junto ao governo estadual, a regularização dos repasses, porém sem êxito. O Estado deve ao HSB, cerca de um milhão. Sem os recursos financeiros, o Hospital vem atrasando o pagamento dos médicos e funcionários. Já está faltando dinheiro para comprar coisas básicas como alimentação para os pacientes, seringas e soro, por exemplo.

A prefeita Laíse de Souza já se reuniu com a Irmã Nair Gabiatti, diretora do HSB e com Celso Teixeira, tendo como objetivo buscar saídas que possam evitar o fechamento do Hospital. Entre outras medidas a prefeita está buscando agendar uma audiência com o secretário Estadual de Saúde. “Também vou me reunir com a juíza de Direito e Promotoria Pública para tratar sobre a questão”, revelou Laíse.

Na próxima segunda-feira a prefeita vai assinar um decreto declarando situação de emergência no município. Ela explica que mesmo estando o Executivo encruzilhadense enfrentando uma grave crise financeira em decorrência da crise nacional, o decreto vai possibilitar que algum recurso possa ser destinado pela Prefeitura ao HSB. O decreto será encaminhado para o Legislativo, onde deve ser apreciado pelos vereadores.

Mesmo que seja confirmado o fechamento do Hospital, a medida não atinge o Pronto Atendimento São Miguel, que permanecerá atendendo normalmente. Isto porque a maior parte dos recursos que mantém o Pronto Atendimento são de origem da Prefeitura e estão com o repasse em dia.


Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Rádio Encruzilhadense/Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Encruzilhada do Sul