25.04.2016
Conferências de direitos humanos discutem políticas públicas nesta semana
Conhecidas pela participação social, as conferências são espaços importantes na proposição, avaliação e monitoramento de políticas públicas. Entre os dias 25 e 29 de abril, Brasília sedia cinco Conferências Conjuntas de Direitos Humanos, realizada pela Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos.

Conselheiros selecionados pelas etapas estaduais irão discutir temas durante as conferências sobre os direitos da criança e do adolescente, das pessoas idosas, das pessoas com deficiência e o direito da população de Gays, Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBTT). A proposta, após discutir todos esses temas, é que cerca de 100 conselheiros levem ponderações feitas durante a semana para uma etapa final, a Conferência Nacional de Direitos Humanos, nos dias 28 e 29 de abril, também em Brasília.

Segundo a ministra das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, é um dever do Estado brasileiro o debate acerca dos direitos humanos. "Qualquer Estado, sendo uma democracia, não poderia ficar fora dessa discussão e nem tão pouco deixar eleger essas políticas como políticas de Estado".


Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Portal Brasil