05.01.2016
Rede da Felipe Noronha e Ramiro será executada nos próximos dias
A superintendente adjunta da Corsan, Léa Basiei, acompanhada pelo engenheiro Alexandre Souza esteve em Encruzilhada do Sul, atendendo solicitação do secretário municipal de Obras, Alvino Silveira Machado. Juntamente como gerente local da Corsan, André Weiller, eles estiveram vistoriando o trecho compreendido entre as ruas Felipe Noronha e Ramiro Barcelos.

No local, as fortes chuvas ocorridas nos últimos dias têm provocado o alagamento de parte da Rua Ramiro Barcelos. A água chegou a derrubar um muro de pedra situado na Ramiro Barcelos. O problema tem origem na canalização que inicia na Rua Felipe Noronha e, depois de atravessar alguns terrenos particulares, desemboca na Ramiro Barcelos. São canos com 60 cm de diâmetro que não conseguem dar vazão ao grande volume de água, e desta forma, acaba provocando o alagamento. Depois da última chuvarada, o esgoto passou a correr a céu aberto.

O secretário de Obras, Alvino Silveira Machado explica que será preciso substituir aquele trecho por canos com um metro de diâmetro. “Esta rede existe há cerca de 18 anos e, momentaneamente, para evitar maiores dificuldades aos moradores, vai continuar sendo mista, ou seja, para escoamento das chuvas e esgoto”, diz o secretário, recordando que naquele período era permitido a existência de rede mista, ou seja, rede pluvial e de esgoto juntos.

REDE DE ESGOTO: O secretário Alvino Silveira Machado recorda que tem mantido frequentes contatos com a Corsan (tanto a gerência local como em Porto Alegre), solicitando que a empresa de saneamento invista na rede de esgoto da cidade. “Em 2009 o município aprovou a renovação da concessão, autorizando a Corsan a explorar os serviços de água e esgoto no município”, mostra Alvino. No entanto até agora a empresa não deu nenhum sinal de que tais investimentos terão início. A empresa justifica dizendo que tem até o final de 2016 para apresentar o projeto da rede de esgoto e, só após isto, buscar recursos financeiros para investir na rede de esgoto local.

Hoje no município (com exceção de parte da Vila Paraíso) a rede é mista, ou seja, a mesma rede é utilizada para a canalização pluvial e de esgoto. A Prefeitura vai continuar responsável pela canalização da água da chuva, enquanto a Corsan, pelo contrato de concessão, deve construir uma nova rede destinada exclusivamente ao esgoto. Para a nova rede que será feita entre a Ramiro e Felipe, a Corsan vai contribuir com a elaboração do projeto, enquanto o restante da obra ficará a cargo da Prefeitura.

Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Rádio Encruzilhadense/Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Encruzilhada do Sul