28.12.2015
Equipe controla borrachudos no município

Com uma picada bastante dolorida, os Simulídeos (nome científico do mosquito borrachudo), são velhos conhecidos da população e nesta época do ano o problema torna-se mais significativo em função das condições climáticas favoráveis ao desenvolvimento do inseto Historicamente o município de Encruzilhada do Sul sofre com a quantidade de borrachudos, que embora não transmitam doenças, causam coceira e muito incômodo.

Desde que assumiu a pasta, o secretário municipal de Saúde, Pedro Paulo Soares, juntamente com a equipe de Endemias do município, mapearam os locais de maior foco e iniciaram um constante tratamento nestes locais para que a comunidade encruzilhadense possa ter um verão em boas condições.

As atividades de combate ao mosquito conseguiram abranger todo o entorno da região urbana, totalizando 50 açudes e 80 quilômetros de água corrente. Para isto já foram utilizados 240 litros de B.T.I (Bacilus Thuringiensis variedade Israelensis), que é aplicado principalmente nos locais de pequena profundidade, em águas correntes, bem oxigenadas e ricas em matéria orgânica, que são os lugares mais propícios à ocorrência de larvas. As aplicações são feitas a cada 14 dias e onde há maior incidência, a cada sete dias.

O secretário comemora os bons resultados e agradece muito a dedicação da equipe, que é composta por Ariton Gonçalves, João Fábio da Silva e Paulo Alexandre Oliveira.



Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Rádio Encruzilhadense/Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Encruzilhada do Sul