01.10.2015
Prefeitura busca rompimento com empresa contratada para realizar o concurso
A Prefeitura de Encruzilhada do Sul foi surpreendida, há poucos dias, com uma investigação do Ministério Público Estadual sobre o envolvimento de empresas em supostas fraudes de licitações para a realização de concursos públicos em alguns municípios gaúchos. Entre as empresas que estão sendo investigadas se encontra a P Mais Recursos Humanos Ltda. Esta empresa havia sido contratada por Encruzilhada do Sul, após cumprir todas as etapas legais, para realizar o concurso público no município. São 155 vagas distribuídas em 64 cargos.

No entanto, tão logo a mídia estadual divulgou a investigação do MP, o secretário de Administração, Pedro Florisbal Machado, cumprindo determinação da prefeita Laíse de Souza, solicitou à assessoria jurídica do município, o envio de uma notificação extra judicial para a P Mais Recursos Humanos Ltda, na qual o Executivo encruzilhadense manifesta seu desejo de rompimento do contrato. “Não podemos realizar um concurso público nos utilizando de uma empresa que está sob investigação”, justifica o secretário Pedro Machado.

A Prefeitura está aguardando decorrer prazo legal da notificação para formalizar a rescisão contratual no âmbito administrativo e, se necessário, utilizar-se-á de medida judicial.

O secretário Pedro Machado esclarece que não existe nenhuma possibilidade da Prefeitura realizar o concurso com uma empresa que está sob investigação.


Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Encruzilhada do Sul