17.08.2015
Prefeitura divulga tabela com valores de referência do ITR
A Secretaria Municipal de Finanças disponibilizou no site da Prefeitura (www.encruzilhadadosul.rs.gov.br) a tabela com os valores de referência para cobrança do Imposto Territorial Rural (ITR), referente à declaração de 2015. O processo deve ser feito pelo profissional de confiança do contribuinte até o dia 30 de setembro.

Declaram o ITR, proprietários da terra, o titular do condomínio útil ou o possuidor de qualquer título rural. O prazo para entrega da declaração começou dia 17 de agosto e vai até o dia 30 de setembro. O pagamento do imposto pode ser parcelado em até quatro quotas, desde que cada uma não tenha valor inferior a R$ 50,00.

Caso sejam entregues com atraso – ou seja, após 30 de setembro – a multa será de 1% ao mês, sobre o imposto devido, não podendo seu valor ser inferior a R$ 50,00 (valor mínimo). Impostos com valor de até R$ 100,00 serão recolhidos em quota única. Nos casos em que o imóvel seja imune ou isento de ITR, a multa é de R$ 50,00.



TABELA DE REFERÊNCIA PARA VTN (Valor da Terra Nua): R$/Hectare


CLASSE

Valor médio

Valor mínimo

Valor máximo


A

17.550,00

15.100,00

20.000,00


B

11.550,00

8.100,00

15.000,00


C

7.550,00

7.100,00

8.000,00


D

6.850,00

6.700,00

7.000,00


E

6.350,00

6.100,00

6.600,00


F

5.550,00

5.100,00

6.000,00


G

4.750,00

4.500,00

5.000,00





VALOR DA TERRA NUA-VTN DO MUNICÍPIO DE ENCRUZILHADA DO SUL PARA OS ANOS DE 2014 E 2015, EM R$ POR HECTARE


Ano

Lavoura aptidão boa

Lavoura aptidão regular

Lavoura aptidão restrita

Pastagem plantada

Silvicultura ou pastagem natural

Preservação da Fauna ou Flora


2014

R$ 11.000,00

R$ 8.500,00

R$ 4.000,00

R$ 17.000,00

R$ 12.500,00

R$ 10.800,00


2015

R$ 12.000,00

R$ 10.000,00

R$ 4.500,00

R$ 18.000,00

R$ 14.000,00

R$ 12.000,00



• CLASSE A: Alto Alegre, Colônia Boa Esperança, Maria Santa, Passo da Guarda, Rondinha, Sanga Funda, Vau dos Prestes e RSC-471.

• CLASSE B: Campo da Aviação, Cancela Verde (Apertado), Corredor do Meio, Fazenda Branca, Passo da Cria, Piquirí (Várzea), Quinta, Reginalda,

• CLASSE C: Alto das Pedrinhas, Estação Experimental, Rincão da Formiga

• CLASSE D: Abranjo, Alto das Figueiras, Cerro São Salvador, Passo da Estefânia, Passo do Silva.

• CLASSE E: Boa Vista, Boqueirão, Caneleira, Cerro da Vigia, Cordilheira, Dois Cerros, Passo da China, Passo da Olaria, Passo Santa Rita, Passo das Pedras, Passo do Peixoto, Passo Novo, Pinheiro, Piquirí, Pompeu Machado, Quero-Quero, Mina Velha, Sesmaria dos Santos.

• CLASSE F: Arroio das Pedras, Capitão Noronha, Capivari, Coronel Prestes, Cerro da Árvore, Cerro da Madeira, Chanã , Chapada, Coxilha Grande, Dom Marcos, Fazenda Barro Vermelho, Iruí, Passo da Cachoeira, Rincão dos Machados, Rincão dos Pereiras, Rincão dos Vargas e Vau dos Prestes (serra).

• CLASSE G: Arroio dos Nobres, Arroio dos Vargas, Arroio Papagaio (serra), Bela Vista, Buriti, Campinas, Caneleira (arroio), Cerro Alto, Chapada, Cerro do Alemão, Cerro do Delfino, Cerro do Lajeado, Cerro Partido, Coxilha das Figueiras, Figueirinha, Foles, Lajeado, Maria Santa (cerro), Moinho do Corvo, Palmas, Paredão, Passo das Canas, Passo das Carretas, Passo do Elias, Passo do Marinheiro, Passo dos Rosas, Passo dos Vargas, Ponta dos Vargas, Rincão do Inferno, Rincão dos Bicas, Serra dos Nascentes, Serra dos Pedrosos, Serrinha, Tabuleiro e Cerro das Carretas.


Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Encruzilhada do Sul