25.05.2015
Lideranças do município buscam melhorias na segurança pública
Tendo como objetivo buscar melhorias na segurança pública no município, uma comitiva de Encruzilhada do Sul esteve em Santa Cruz do Sul, quinta-feira da semana passada, quando foi recebida no Comando Regional de Polícia Ostensiva, pelo tenente Coronel Valmir José dos Reis.

Ao longo da reunião de cerca de duas horas, os representantes da comunidade encruzilhadense discorreram sobre problemas relacionados ao policiamento ostensivo. Algumas destas dificuldades são fruto da contínua diminuição do efetivo da Brigada Militar no município ao longo dos anos. Mesmo sem números oficiais, é possível afirmar que o efetivo em Encruzilhada do Sul atualmente é de cerca de 30% do que existia há 20 anos. Neste período, em contrapartida, houve um expressivo aumento da concentração da população na zona urbana, o que também levaria à elevação do efetivo da Brigada Militar. No entanto, o que vem ocorrendo é exatamente o contrário: a diminuição no quadro da BM. Para agravar a situação, Encruzilhada do Sul possui um Presídio Estadual, o que obriga o deslocamento de PMs para fazer a segurança da casa prisional. Resultado: o policiamento ostensivo nas ruas da cidade é insuficiente.

Outro assunto debatido foi relacionado ao abigeato. Tal problema já provocou, em ocasiões anteriores, a mobilização de produtores rurais e encontros onde a questão foi analisada. No entanto, a insegurança dos produtores permanece e muitos deles sequer registram a ocorrência. Tal comportamento tem duas causas principais: a demora para registrar uma ocorrência e a impunidade dos ladrões. “O ideal é pegar os infratores em flagrante”, disse o coronel Reis. No entanto, tal fato é praticamente impossível diante da grande extensão territorial da zona rural encruzilhadense e do uso do celular por parte dos abigeatários.

A pauta de reivindicações ainda incluiu o aumento de fiscalização de caminhões na RSC-471, de veículos com propaganda sonora excedendo o volume e também outros que costumam trafegar com irregularidades, tais como impostos em atraso, por exemplo.

A iniciativa das lideranças do município em buscar as melhorias para a segurança pública foi elogiada pelo coronel Reis. “Se não existe manifestação da comunidade, entendemos que está tudo sob controle’’, disse ele. O comandante também destacou que vai buscar tentar o aumento do efetivo, obter uma camionete para o policiamento da zona rural e determinar a realização de blitz em dias e horários diversos.

POSTO
O posto da Brigada Militar que será construído pela Prefeitura junto à Feira do Comerciante, na Rua Thomás Flores, e as câmeras de vigilância que ficarão na zona central também foi analisado pelo coronel Reis. Ele disse que o adequado é que a sala de monitoramento fique localizada junto à Brigada Militar no município, pois lá existe um PM 24 horas e que também pode acompanhar o movimento flagrado pelas câmeras.

A comitiva em Santa Cruz do Sul foi integrada pelo presidente da CDL, José Antonio Carvalho de Freitas; presidente da ACI, Paulo Alexandre da Rosa; presidente do Rotary Club, Honório Porto Castro; presidente do Sindicato Rural, Roberto Bruno Brito; diretor regional da FIERGS, Flávio Hass; prefeita Laíse de Souza Krusser; secretário geral de Governo, Alaur Soares; chefe de Gabinete, Odilka de Freitas Soares ; presidente da Câmara de Vereadores, Rosângela Maria Gemeli Nader e a representante do Jornal do Sudeste, Linai Bastos.


Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Encruzilhada do Sul