10.04.2015
Secretário da Agricultura prestigia nova diretoria da Fepagro
Solange Brum
O secretário da Agricultura e Pecuária, Ernani Polo, prestigiou a nova diretoria da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro), empossada recentemente. O diretor técnico Carlos Alberto Oliveira e o diretor administrativo Antonio Cesar Losso foram apresentados durante encontro que reuniu diretores dos 20 centros de pesquisas e servidores da sede. O diretor-presidente da Fepagro, Adoralvo Schio, deu as boas-vindas ao secretário e à nova equipe.

Polo, que estava acompanhado do secretário substituto, André Petry da Silva, e do chefe de gabinete, João Jacob Seibel, disse que esse era um primeiro encontro de aproximação entre a Secretaria da Agricultura e Pecuária (SAP) e a Fepagro e que as duas instituições devem trabalhar em harmonia, de forma integrada. “Assim, poderemos prestar um melhor serviço à sociedade, o que é a nossa obrigação”, declarou.

O secretário destacou ainda que a nova diretoria da Fepagro é fruto da valorização do quadro técnico de servidores, uma vez que os três diretores são funcionários de carreira.

Schio afirmou que a Fepagro tem dificuldades, mas que o quadro funcional é dedicado e competente para enfrentá-las. “Tenho certeza que vamos fazer uma instituição melhor do que encontramos.”

Losso, que é servidor aposentado da Fepagro, pretende contar com a participação de todos para desenvolver um trabalho de qualidade. “Estamos aqui para resolver os problemas e vamos dar o máximo para que a Fundação cumpra o seu papel”.

Oliveira se mostrou satisfeito com o “canal aberto” com a SAP, o que ajudará a cumprir a missão da Fepagro: desenvolver a pesquisa agropecuária no Estado. “Mas o principal valor são as pessoas da instituição, nos diferentes níveis. São elas que fazem com que possamos atender ao setor agropecuário em suas necessidades, fortalecendo assim nossa atividade”.


Diretor técnico

Carlos Alberto Oliveira, 31 anos, é engenheiro agrônomo, mestre em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e funcionário de carreira da Fepagro. Além de professor universitário da UFRGS e da Faculdade de Tecnologia de Cooperativismo nas áreas de planejamento, desenvolvimento rural, políticas públicas e comercialização de produtos agrícolas e agroindustriais, também é pesquisador em cadeias produtivas e desenvolvimento rural, economia agroindustrial, desenvolvimento rural, planejamento e gestão no agronegócio. No início do atual governo, desempenhou a função de diretor-presidente interino da Fepagro.

Diretor-administrativo

Antonio Cesar Losso é zootecnista e servidor aposentado da Fepagro desde o ano passado. Entrou em 1974 no antigo Instituto de Pesquisas Agronômicas (Ipagro). Trabalhou com pesquisas em soja, feijão, milho, trigo, girassol e cana-de-açúcar. Natural de Veranópolis, foi diretor da então Estação Experimental de Santo Augusto e de Júlio de Castilhos. Trabalhou ainda nas estações de Taquari, São Gabriel e Dom Pedrito. Foi presidente do Sindicato Rural de Santo Augusto durante 15 anos. De 2014 até agora, atuou como consultor de agronegócio da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul).


Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349


Fonte: Divisão de Comunicação Social da Fepagro