19.11.2014
MPF cobra redução na fila por cirurgias na região
Após instaurar um procedimento para apurar as causas da fila de espera de pacientes por cirurgias de traumatologia e ortopedia na região de Santa Cruz do Sul, o Ministério Público Federal pretende cobrar do Estado um cronograma de providências no sentido de ampliar a oferta de atendimentos. O anúncio foi feito pelo procurador da República Ricardo Gralha Massia após reunião com secretários municipais de Saúde e representantes do governo estadual.

Segundo Massia, a ampliação da oferta é necessária para melhorar os indicadores de saúde e combater o problema da judicialização. \"Existem questões relacionadas a fluxo que precisam ser ajustadas, mas o fundamental é que o número de operações realizadas seja maior\", colocou. Atualmente, o Hospital Santa Cruz é referência para os 25 municípios que compõem a 8ª e a 13ª coordenadorias regionais de saúde. São contratualizadas 65 cirurgias por mês.

Representantes do Estado, no entanto, anunciaram que outras instituições, em Venâncio Aires, Rio Pardo, Encruzilhada do Sul e Cachoeira do Sul, estão sendo habilitadas para realizar cirurgias. Com isso, o número de procedimentos deve aumentar e a fila tende a diminuir.


Publicado por: Vanderlei Silva - Jornalista - Mtb. 13.349

Fonte: Portal Gaz